Astro wedding: resposta a 4 questões sobre astrologia

May 31, 2019

Back
  
  
  
  
  
  

Texto: Sandra M Gomes

A astróloga Anabela Cabral presta consultas para noivos, elaborando o seu mapa astral com base na data, hora e local de nascimento de cada membro do casal. Depois compara os mapas de ambos na perspetiva do seu relacionamento, identificando as afinidades e desafios que devem ser trabalhados para que a relação a dois seja mais forte. 

Mas antes de percebermos melhor que mapa é este, vamos saber o que  a Anabela Cabral nos diz sobre Astrologia, reforçado também aquilo que é defendido pela Associação Portuguesa de Astrologia, que estuda e credibiliza a atividade.

Afinal dizer que “Eu sou Touro” e “sou compatível com Gémeos" pode não ser propriamente verdade.

Vamos perceber porquê?

mapa astrológico para noivos

3 - O que é o Astro Wedding e quais os benefícios?

Se quisermos abordar a questão de forma simples, podemos dizer que “é apresentada aos noivos/casal uma perspetiva diferente/alternativa do seu relacionamento”.

Mas o que isto quer dizer?

Deixamos a explicação para a Anabela Cabral:

Nesta consulta pretende-se fazer a análise comparativa do mapa de duas pessoas, podendo permitir identificar quais as eventuais “sabotagens” da relação e perceber os seus pontos fortes, o que permitirá com que ambos se conheçam melhor a um nível mais profundo. Permitirá ainda descobrir o que cada um acrescenta na vida do outro, bem como tentar perceber a razão do seu encontro e missão de vida juntos e quais os aspetos a trabalhar. São usadas duas técnicas, Sinastrias e Mapa Composto. No entanto isto não será feito sem antes se analisar individualmente o Mapa Astrológico Natal de cada elemento do casal. A consulta será sempre com ambos, não sendo ético dar informação do mapa de uma segunda pessoa sem a sua devida autorização e presença

É natural que a consulta possa influenciar a relação do casal, no entanto, o “como?” a eles pertence.

1- O que é a Astrologia e que relação tem com a astronomia e connosco próprios?

A astrologia é como a psicologia na medida em que identifica características de personalidade e características comportamentais. É como a economia na medida em que faz previsões de condições futuras num mundo em constante mudança, onde nenhum conjunto de circunstâncias é sempre repetido exatamente da mesma maneira.” Associação Portuguesa e Astrologia

A astróloga que integra o nosso diretório e presta consultas a noivos, Anabela Cabral, apresenta a sua definição de Astrologia. “Para mim, a principal função da Astrologia é, sem sombra de dúvida, o auto-conhecimento enquanto Ser em constante evolução e aperfeiçoamento, consciente dos meus processos de Vida. Se pelo “caminho” conseguir ajudar outros a fazerem o mesmo, tanto melhor!”

A sua subjetividade contrapõe-se à objetividade da Astronomia, no entanto uma não pode existir sem a outra e vice-versa. Aliás, em tempos remotos ambas eram uma só.

mapa astrológico para noivos

4 - Quando é que os casais devem fazer uma consulta?

O momento certo de fazer a consulta é o momento que for sentido como certo para o casal e se houver apelo para tal. Será uma outra visão sobre o relacionamento a dois.

Esta consulta poderá ser feita tanto por noivos, prestes a casar, como por qualquer outro casal independentemente da sua história ou momento de vida.

mapa astrológico para noivos

2 - O que é um mapa astrológico?

Um Mapa Astrológico interpretado com precisão, com base na data, hora precisa e local de nascimento de uma pessoa descreve a sua natureza, talentos e habilidades, relacionamentos, história familiar, carreira, dinheiro, aptidão e problemas recorrentes. Os atuais ciclos planetários descrevem as probabilidades tendenciais na vida de uma pessoa, quer os desafios ou as oportunidades.” Associação Portuguesa de Astrologia

O mapa astrológico, esclarece Anabela Cabral, “é como que a “fotografia” do céu no momento exato do seu nascimento (daí a importância da hora de nascimento), que nos dá o posicionamento dos planetas nesse instante, e o “desenho” das casas. Esse mapa é a “impressão digital cósmica” da pessoa e não muda, é a sua matriz energética. Mas, os planetas continuaram os seus movimentos cíclicos e, desde o nascimento dessa pessoa, começam a fazer aspetos entre si, o que vai dar a tónica de cada momento na vida dessa pessoa. Analisar o mapa astrológico de alguém é como olhar para uma estrutura multidimensional, com uma complexidade sistémica brutal. “

Parece mais complicado do que as frases simples que por vezes lemos nas previsões astrológicas de qualquer revista. Se parece complicado é porque é uma atividade que tem uma interpretação complexa e bastante pessoal.

Na verdade, num mapa astrológico os planetas dizem-nos “O Quê”, os signos o “Como” e as Casas Astrológicas o “Onde”.

Será importante reter que:

  • Sim o movimento cíclico dos planetas influenciam-nos,
  • Sim é possível analisar qual a área de vida “afetada” por determinado trânsito e a energia associada a esse momento.
  • Não, não sabemos como cada pessoa vai vivenciar esse período. Depende inteiramente do seu contexto de vida, das suas escolhas e do seu livre arbítrio.

Por exemplo, no caso de duas pessoas com o mesmo signo. “Ainda que fossem os dois do mesmo ano ou mês, dificilmente teriam nascido no mesmo local e à mesma hora, e só por isso, já não teriam o mesmo Ascendente e por arrasto, os corpos celestes estariam necessariamente em casas díspares e isso faz toda a diferença”, explica a astróloga Anabela Cabral.

Por isso é que uma consulta de Astrologia, com um profissional, “poderá ser altamente transformador e curador, permitindo processos de consciencialização interna e auto-conhecimento profundo”, enfatiza.

O que se torna ainda mais interessante, é que a Astrologia não pretende influenciar ninguém, nem assumir verdades absolutas, pois “cada um pode retirar da consulta de astrologia diferentes benefícios ou até nenhum. Esses benefícios serão tão maiores quanto o motivo que fez com que a pessoa fosse à consulta”.