Casamento simbólico no Alentejo por Piteira Photography

December 5, 2019

Back
  
  
  
  
  
  
  
  

Fotografia: Piteira Photography
Texto: Sandra M Gomes

Num casamento a dois, designado de elopement, há tanta ou mais emoção do que num casamento com família e amigos. Estas cerimónias são normalmente uma fuga para casar; uma fuga para um destino de sonho; e, na maioria das vezes, uma fuga para casar seguida de lua de mel, como podes ler na revista digital Bad Bad Maria Magazine ou no nosso artigo sobre as características principais de um elopment. Num elopment o destino é importante.

No caso deste casamento feito de forma personalizada e simbólica, com uma celebrante a presidir à cerimónia, a fuga foi até Portugal, sendo o Alentejo o destino escolhido.

Vê outra cerimónia elopment num outro destino em Portugal como são os Açores. 

No Alentejo, o amor deste casal foi celebrado com uma cerimónia feita ao ar livre, uma decoração campestre, e selada com um ritual de união do azeite e do vinagre. Assim, o seu amor jamais poderá ser separado. A cerimónia, seguindo um princípio semelhante ao ritual das areias, consiste em misturar o azeite e o vinagre, duas substâncias tão diferentes, que por vezes nem se misturam, mas que são impossíveis de afastar. O momento foi simples e prático, enquadrando-se muito bem na região e quinta onde casaram, a herdade de São Lourenço do Barrocal, em Monsaraz. Os produtos de produção local, como o vinho, estão bem presentes em várias ocasiões do dia.

Num evento tão intimista como este, a fotografia de casamento tem mesmo de ser feita de forma discreta, para deixar as noivas usufruir de todos os momentos a duas. Assim foi o registo da dupla Piteira Photography.

Inspira-te nesta cerimónia simbólica e em cada pormenor deste dia feliz.

 

Créditos

Fotografia Piteira Photograpby
Espaço Herdade de São Lourenço do Barrocal
Maquilhagem Caty Beauty
Celebrante Your European Wedding Celebrant